Carpaccio de Moranga

Carpaccio de Moranga

Eu adoro cozinhar para os amigos. Muitas vezes depois de uma semana estressante, fazer um jantarzinho pequeno me relaxa completamente. Quase ninguém acredita mas cozinhar para mim virou terapia faz tempo. Fazer um jantar pequeno com Carpaccio de Moranga não deve demandar muito trabalho, apenas o suficiente para que você coloque suas idéias, receitas e habilidades em prática sem se tornar escrava da cozinha. Desse jeito você não curte a companhia das pessoas amigas convidadas para o jantar, certo? Por isso o ideal é que você sirva pratos que possam ser preparados com antecedência, se não todo mas pelo menos boa parte dele.

Também não é necessário oferecer diversos tipos de pratos numa ocasião dessas. Geralmente eu prefiro apenas um prato principal, sobremesa e uma entrada que possa ser servida antes de irmos para a mesa.

   

Carpaccio de Moranga

Carpaccio de Moranga

E o que pode ser mais cool e fácil de preparar do que essa receita que eu encontrei na Cláudia Cozinha? Achei o máximo. Deliciosa, leve e facílima.
Vai lá…

Corte fatias muito finas de moranga – para isso o descascador de legumes vai ajudar – e cozinhe no vapor por 2 minutos. tem que ficar cozidas mas crocantes ok? Pegue as fatias e disponha numa travessa bacanérrima igualzinho você faz com o carpaccio tradicional.
Agora, faça um molhinho tchap tchura para jogar por cima do teu lindo carpaccinho…
Misture iogurte natural – a receita pedia 1/4 xícara mas aí varia de acordo com a quantidade de Carpaccio de Moranga e de convidados que você vai ter. Para saber a quantidade ideal dos ingredientes use o bom senso e principalmente a BOCA. Experimente comadre… não tenha medo mas vá aos poucos. Se você não está segura quanto as quantidades, vá adicionando os ingredientes aos poucos e prove. Seu paladar dirá quando está bom.

Ok, voltando… pega iogurte natural, mistura com azeite (para 1/4 xícara de iogurte a receita pede uma colher de sopa), um tantinho de açúcar (1 colherzinha de chá), sal, salsinha picada e (luxo!) uma colher de chá de gim. Não tem gim? Como não? Ok, pode fazer sem mas … porque não experimentar um outro toque? O que tem no seu bar que poder dar o “tchan” para o molhinho? Experimente colega.

Terminou de misturar tudo? Coloca sobre as fatias de moranga, arremata com muita cebolinha picada fininha e sementes de papoula. O que? Não tem semente de papoula? Ok, passa, mas da próxima vez que você for ao hortifruti, ao mercadão, à feira ou mesmo ao supermercado, procure e compre um pacotinho pequeno de sementes de papoula. Não custa tão caro e dá um efeito incrível em muitos pratos – dá para usar até na saladinha mesmo – e causa muito boa impressão.

Agora me diz, essa receita não é o que há em matéria de haver? 😉 (Samu, adotei essa expressão…hohoho). Eu amei.

GOSTOU? PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO FACEBOOK E TENHA ACESSO A MARAVILHOSAS RECEITAS DIARIAMENTE.

themekiller.com